modelista-de-joias-mood-board

Como ganhar mais dinheiro sendo modelista 3D de joias

Qualquer um pode ganhar dinheiro sendo modelista 3D de joias se cumprir à risca os seis itens que destacamos no Workshop de Modelagem 3D de joias. Não assistiu?  Clique aqui para assistir, é gratuito!

Entretanto, nesse post, vamos falar sobre quem quer ir para o próximo nível, ganhar MAIS dinheiro com suas modelagens. No primeiro post desta série “Como ser um modelista 3D de joias” demos uma dica extra: trabalhar de forma criativa e não competitiva. Aqui, vamos nos aprofundar neste assunto.

modelista-3d-de-joias-criativo

Trabalhar de forma competitiva é fazer as coisas exatamente como outros fazem entrando no mundo da competição. Trabalhar de forma criativa é fazer as coisas de maneira diferente, ser inovador e criativo.

Aí você diz: legal, mas na prática como é que eu faço? Já tentei aprender mas acho que não tenho esse dom. Será que isso é pra mim?

Respondemos sempre: a criatividade pode ser aprendida e exercitada. Tudo bem, concordamos que quando uma pessoa nasce com uma visão diferente das coisas e a criatividade brota em tudo que ela faz, consegue atingir esse patamar bem rápido.

Entretanto, a criatividade não está relacionada somente ao design. Você pode ser extremamente criativo na hora de resolver problemas. Muitas vezes, seu cliente está enfrentando uma situação difícil na produção de determinada joia e você, que tem se dedicado aos estudos das técnicas e processos de joalheria, tem uma ideia excelente que resolve o problema.

Isso é comum, simplesmente, porque você não está “dentro” do problema. Sua visão externa é o diferencial. O cliente está há tanto tempo repetindo os mesmos passos, que não percebe onde está errando.

Quando falamos em criatividade e inovação muita gente pensa só em produtos ou soluções mirabolantes, extremamente diferentes, mas não é bem isso. A criatividade também está no simples. Muitas vezes é só uma forma diferente de olhar.

Então, como ganhar mais dinheiro como modelista 3D de joias?

Você precisa exercitar sua criatividade! Seja em termos de design ou soluções.

Como ser criativo ou exercitar sua criatividade

No outro post comentamos sobre ir a museus, estudar sobre arte, parar alguns momentos e observar a rua, os carros, a pessoas, analisar o que vê, sente e ouve.

Conectar-se com a natureza, ouvir música, assistir filmes inspiradores e ler muito então, neste post, além de nossa opinião, selecionamos em outros sites ações específicas e criativas (exercitando rsrsr) para você treinar e exercitar sua criatividade também.

#1 – Brainstorm

Brainstorming é uma expressão inglesa formada pelas palavras “brain” = cérebro e “storm” = tempestade. Ou seja, é uma tempestade de ideias.

A técnica foi criada pelo publicitário Alex Osborn e é usada para exercitar e explorar a capacidade criativa de indivíduos ou grupos. É muito utilizada na área de criação de propaganda e campanhas de marketing.

modelista-3d-de-joias-brainstormEssa técnica propõe que um indivíduo ou um grupo de pessoas reflita e exercita seus pensamentos de forma livre com o propósito de obter ideias inovadoras e originais para solução de um problema, por exemplo.

Pode ser utilizada também em outros objetivos como de refletir sobre tipos de uso alternativos de um determinado produto.

A técnica consiste em dar vazão às ideias, por um período de 10 minutos. Anotá-las, sem desprezar nenhuma, mesmo que pareça maluca ou impossível. Sem julgamento ou autocrítica.

Quando todas as sugestões estiverem listadas, avalie e escolha as mais originais e criativas. Não esqueça que, aqui, o mais importante é o exercício.

#2 – Exercício com Tetris

Você vai precisar de um relógio, acesso à internet e o game Tetris (faça download gratuito, se você já não tem uma versão em seu computador). Duração: 25 minutos.

Procedimento:

– Inicie a contagem de 15 minutos no relógio. Use esse tempo para jogar o Tetris, tentando sempre melhorar sua pontuação.
– Reinicie a contagem por mais 10 minutos. Encontre a resposta para as 3 perguntas seguintes. Você pode usar qualquer fonte para ajudá-lo.
* Quais são os nomes dos filhos de Brad Pitt e Angelina Jolie?
* Quão altas são cada uma das cabeças esculpidas no Mount Rushmore, em South Dakota?
* Escreva uma receita de moqueca capixaba e outra de moqueca baiana.

Este exercício ajuda a transitar do padrão cerebral fluxo (o game Tetris promove o fluxo) para o da razão (encontrar uma resposta única para uma pergunta). Faça esse exercício uma vez por semana. Use diferentes perguntas para serem respondidas na segunda parte. Você pode criá-las (desde que já não saiba as respostas) ou pedir sugestões de alguém.

Fonte:  Site Revista Galileu e Livro Your Creative Brain de Shelley Carson

modelista-3d-de-joias-mood-board

#3 – Tenha referências

Colecione referências e separe-as por assunto para facilitar no foco da criação. O seu repertório deve ser algo em construção eterna e mesmo que não esteja trabalhando em um projeto que tenha a ver com algo interessante que tenha visto, encontre uma forma de salvar, assim essa referência pode te ajudar futuramente.

A criação de catálogos (impressos ou virtuais, como o Pinterest) ajudam muito. Crie também o hábito de andar com um bloco para fazer anotações de ideias ou de coisas legais que você ouviu ou viu – ou faça com seu próprio celular – inclusive, fotos são bem vindas nesse catálogo de ideias.

Fonte: Site Design com Café

#4 – Resolva palavras cruzadas

Você vai precisar de um relógio, uma palavra cruzada desafiante que você não tenha feito ainda (pegue uma de jornal, por exemplo), um lápis ou caneta e uma folha em branco. Duração: 30 minutos.

Procedimento:

– Inicie a contagem de 5 minutos no relógio.
– Concentre-se em preencher a palavra cruzada até o relógio apitar o final dos 5 minutos.
– Anote a resposta da primeira palavra na horizontal e a da primeira na vertical (se não as tiver, anote a da segunda).
– Reinicie a contagem de mais 5 minutos. Em uma folha em branco, comece a escrever uma breve história que incorpore as palavras que você anotou. Inclua como personagem da história alguém que esteja sendo pelo FBI ou CIA.
– Quando o tempo terminar, reinicie a contagem para mais cinco minutos e volte à palavra cruzada. Tente se concentrar nela, sem pensar na história que estava escrevendo.
– Reinicie a contagem por mais cinco minutos e volte à história, incorporando a primeira resposta na horizontal e a primeira na vertical (ou a segunda, se você não tiver as primeiras ou se já as tiver usado. Ou passe para as terceiras).
– Alterne entre a palavra cruzada e sua história até completar 30 minutos de exercício.

Este exercício força você a alternar o padrão mental razão (resolver palavras cruzadas) com conexão (fazer relações inesperadas entre respostas de palavras cruzadas e pessoas perseguidas pelo FBI). Você também irá passar pelos estados de absorção e visão ao pensar no roteiro de sua história.

Tente fazer esse exercício uma vez por semana. Use uma palavra diferente a cada vez. Centre sua história no resultado da palavra cruzada com algum dos temas seguintes: ser abduzido por alienígenas, ser escolhido como o cabeleireiro da Gisele Bündchen em seu próximo desfile, achar um quadro de Van Gogh escondido em um armário ou ouvir passos vindo de fora do seu quarto quando você está em casa sozinho.

Fonte: Site Revista Galileu e Livro Your Creative Brain de Shelley Carson

#5 – Solte o riso!! 😍

Mark Beeman e John Kounios (cientistas responsáveis pela descoberta do ponto G da criatividade) mostraram um video de stand-up comedy do Robin Willians para algumas pessoas e, depois, as colocaram para resolver problemas. O desempenho foi 20% melhor do que o de quem havia assistido a vídeos chatos ou assustadores.

Rir estimula a área do cérebro que está relacionada a insights. Se permita a assistir um vídeo engraçado no Youtube e tenha a tão desejada ideia!

Só pra entrar no clima do riso, separamos um vídeo do canal do Youtube chamado Típiko, que produz mini videos de humor sobre situações típicas da vida.